Como pintar parede usando cores do sistema tintométrico pela metade do preço!

Atualizado: 10 de Jul de 2019



Vai pintar a casa e quer mudar a cor? Fique atento! A cor existente da sua parede interfere na quantidade de demãos necessárias para "apagá-la"! Se você não tem preferência por nenhuma cor, a dica é escolher a nova cor em tom igual ou mais escuro. Mas se você escolheu uma cor nova mais clara que a cor existente, considere demãos extras para não errar no orçamento e nem ter que voltar na loja pra comprar mais tinta. E saiba que mesmo nessa situação é possível economizar! A gente explica:


Os fabricantes de tinta possuem linhas de catálogo fixo (cores de linha) e de catálogo tintométrico. Nas linhas de catálogo fixo, a variedade de cor é menor e normalmente todas essas tintas tem o mesmo preço dentro de uma determinada especificação, independente da cor. No sistema tintométrico a variedade de cores é bem maior e são fabricadas sob demanda em máquinas disponíveis na própria loja. Apesar da produção ser sob demanda, você só precisa esperar um pouquinho e consegue comprá-las rapidamente. Seu preço varia de acordo com os pigmentos e com a base de que são feitas.



Exemplo de máquina do sistema tintométrico

É fácil imaginar em qual grupo você provavelmente encontrará aquele tom ideal para sua reforma, não é? O catálogo do sistema tintométrico da Coral, por exemplo, tem mais de 2.000 cores enquanto os catálogos de linha fica tem menos de 30. No entanto as tintas do sistema tintométrico são bem mais caras. Mas nós estamos aqui para te ajudar a economizar nas suas escolhas, sejam elas quais forem!


Sabemos que quanto mais escura a superfície existente e mais clara a nova cor, mais demãos de tinta serão necessárias, no entanto, existem algumas formas de diminuir esse consumo para você economizar. E vamos ilustrar isso com valores reais! Os preços considerados no exemplo foram cotados em 21/12/2018, na rede de lojas Rio do Pincel, localizada na cidade do Rio de Janeiro.

Imagine que você tenha uma parede azul escura e quer pintá-la da cor “Periquito”, que é um tom de amarelo da linha Coral Decora (catálogo tintométrico).



Situação 1: Utilizando apenas a tinta desejada, você precisaria de no mínimo três demãos, talvez até mais. Sabendo que para a cor Periquito da Coral Decora o preço da lata de 18 litros foi cotado em R$ 680,00, observe abaixo quanto você gastaria por m²:



Situação 2: Se você “queimar” o fundo existente com a cor branca, que é mais barata, serão necessárias menos demãos da tinta escolhida. Você pode fazer isso aplicando uma demão de tinta branca de catálogo fixo e depois duas demãos da tinta desejada. A demão de tinta branca pode conter “sombras” da cor original, isso será corrigido com as duas demãos de tinta colorida aplicadas posteriormente. No exemplo abaixo utilizamos a tinta branca da linha Coral Rende Muito (catálogo fixo), que foi cotada a R$219,00. Observe que nesse caso a economia chegou a 25,63%.



Situação 3: Uma outra alternativa é procurar em linhas de catálogo fixo, uma cor semelhante e mais clara que a escolhida para deixar a parede em tom próximo ao desejado com a aplicação de duas demãos. Depois, aplique uma demão da tinta escolhida do catálogo tintométrico. No exemplo abaixo a cor de catálogo fixo considerada foi a Amarelo Canário da linha Coral Rende Muito, cotada a R$ 239,00. Podemos observar que nesse caso a economia chegou a 50,08%.



Viu só? Considerar as pré-existências é essencial para que seu orçamento de reforma e construção seja mais preciso, e nem tenha que parar a obra por falta de material. E conhecer bem os produtos disponíveis no mercado pode te ajudar a chegar a um mesmo resultado final gastando muito menos!


Redação: Márcia Su e Flávia Lima

Amamos o Wix.com!