Alternativas para troca de superfícies: pintura no azulejo

Atualizado: 17 de Set de 2019


Com o passar do tempo, é muito comum a gente enjoar de algo. Quando se trata da nossa casa isso é ainda mais recorrente, por ser um lugar que estamos constantemente. Uma das formas de resolver esse problema é trocar o que já não queremos mais, mas nem tudo é tão simples. Trocar azulejos e revestimentos cerâmicos pode ser muito caro e trabalhoso. Uma opção alternativa é pintá-los.


Como pintar os azulejos?

Hoje em dia no mercado, a gente encontra diversas opções de tintas indicadas para pintar superfícies cerâmicas, e é sobre elas que vamos falar hoje. Vamos tirar suas dúvidas sobre cada uma delas e mostrar algumas opções de produto.

As indicações das embalagens são muitas vezes confusas e você pode ter dificuldade para fazer comparações. A primeira coisa que você precisa saber é que existem três tipos diferentes de tinta que podem ser usadas diretamente sobre superfícies cerâmicas: tinta epóxi a base solvente, tinta epóxi a base d’água e tinta acrílica para azulejos.


Tinta epóxi de base solvente




Essas tintas geralmente são mais caras, mas elas podem ser usadas tanto no piso como na parede e tem alta resistência. No entanto, por ser a base de solvente, tem um cheiro bem forte, é comprada em duas partes (um é a resina e o outro é o catalisador) e a aplicação é bem mais complicada. A mistura das partes tem que ser precisa para funcionar e não é qualquer pessoa que consegue fazer um bom trabalho na hora de aplicar.


Tinta epóxi de base d’água





São tintas de custo intermediário e mais fáceis de serem aplicadas (possuem um componente único). Na verdade elas não são tintas epóxi, e sim tintas acrílicas com acréscimo de resina epóxi que as tornam mais resistentes que as tintas acrílicas comuns. Por serem à base d’água, não possuem cheiro, e são mais fáceis de aplicar. Podem ser usadas em diversas superfícies, mas não são indicadas para uso no piso diretamente sobre revestimento cerâmico, pois possuem uma menor resistência à abrasão. Nesse caso é necessário uma regularização do piso com massa de cimento e cola antes, que vai tornar a superfície mais aderente para receber uma tinta acrílica de piso (seja ela com acréscimo de resina epóxi ou não).


Tinta acrílica para azulejo


Nessa terceira opção, a tinta é mais barata que as outras. Ela é uma tinta acrílica, porém indicada pelo fabricante para ser aplicada diretamente sobre azulejos. Ela é também à base de água e não possui cheiro.


Redação: Gabriel Simi e Flávia Lima

Amamos o Wix.com!