Você sabe como se aplica a cerâmica no piso?

No post anterior, apresentamos o que é cerâmica, pois apesar de ser um tipo de piso bem conhecido e tradicional aqui no Brasil, possui características específicas que consideramos importante reconhecer antes de escolher um piso.


Hoje vamos explicar como aplicar a cerâmica em um pavimento.


Inicialmente é preciso entender onde desejamos aplicá-la, pois exigem processos diferentes. A cerâmica pode ser colocada sobre o contrapiso ou sobre um piso existente.

Neste post, daremos um panorama geral de como a cerâmica é aplicada nesses dois casos:



Como aplicar cerâmica substituindo piso existente?


1º passo - Demolir o piso existente. Alguns motivos para retirar o piso existente: ele não pode receber uma camada de piso por cima (como no caso dos pisos de madeira) ou porque se deseja mudar o caimento do piso (a inclinação que faz com que a água escoe para um ralo ou para fora do cômodo), uma vez que a sobreposição de pisos mantém a inclinação existente.


2º passo - É preciso refazer o contrapiso (aquela camada de argamassa que fica sobre a laje), deixá-lo bem nivelado e esperar sua cura, por volta de 14 dias.


3º passo - A argamassa de aplicação deve ser escolhida de acordo com o piso (tipo e formato), a base onde será aplicado (no nosso caso, contrapiso) e local da aplicação (existem argamassas próprias para pisos que ficarão na parte externa e receberão mais agentes abrasivos, e pisos para partes internas). >>Quando você estiver usando o app Pró-Reforma, faremos todas essas considerações e indicaremos a melhor argamassa para o piso que você escolher. Legal, né?


4º passo - Você sabe o que é uma desempenadeira? É uma ferramenta usada para aplicar argamassas em revestimentos e alisar superfícies. Existem vários tipos no mercado, mas para aplicação de cerâmicas, recomendamos a desempenadeira face dentada ou superdentada, porque ao espalhar a argamassa sobre o contrapiso, cria espécie de ranhuras que facilitam a aderência da peça.




5º passo - Também é preciso pensar na paginação ou como as peças de cerâmica serão distribuídas no ambiente, para que se tenha um melhor desenho. Ao pensar a disposição das peças antes de aplicá-las, posso colocar os recortes mais escondidos, por exemplo, embaixo da pia ou atrás da porta. Se quiser saber mais sobre paginação, acesso nosso post aqui ou clique na imagem abaixo.





6º passo - Começamos o assentamento respeitando as instruções de preparo da argamassa. É importante colocar a quantidade exata de água descrita na embalagem e não adicionar mais água depois que estiver pronta, pois isso pode fazer com que os pisos não colem ou se soltem posteriormente.


7º passo - Cada piso possui um tamanho mínimo de junta de assentamento, que é a espessura do rejunte que fica entre as placas. Você pode conferir no site do fabricante. Sabendo a distância indicada, compre separadores que se encaixam entre as placas com a medida desejada.

8º passo - Após assentar todo o piso, espere no mínimo 3 dias para colocar o rejunte entre as peças. Você pode escolher um rejunte que tenha uma cor próxima a do piso (para provocar uma unidade no ambiente), ou pode escolher um com uma cor diferente, proporcionando um contraste bem evidente.


9º passo - Ao final do rejuntamento, realizamos uma limpeza com produtos específicos para retirar todas as sobras de material e é isso. Seu piso estará pronto!



Mas e se eu quiser aplicar a cerâmica sobre um piso existente?


Depende do piso, neste exemplo consideramos que a cerâmica será aplicada sobre um piso também de cerâmica. Muitas partes serão parecidas com o que já vimos, mas destacamos:


1º passo - É importante conferir se não houve estufamento de nenhuma peça de cerâmica do piso existente, se todas estão bem fixadas. Caso não estejam, o ideal é retirar o piso para substituí-lo, ok?


2º passo - Limpe muito bem o piso existente, retirando qualquer impureza que possa prejudicar a fixação da argamassa.


3º passo - Adquira uma argamassa específica para assentamento de piso sobre piso. Ela deve ser aplicada no piso existente e no verso do piso novo.


A partir daqui, os cuidados são os mesmos de uma aplicação de cerâmica direto no contrapiso, é preciso pensar a paginação da cerâmica (em quais lugares esconderemos o recorte das peças), respeitar o rejuntamento mínimo indicado pelo fabricante, o tempo de descanso após o assentamento, entre outros descritos mais acima.


Se você achou complicado, fique tranquilo. O Pró-Reforma é um aplicativo em desenvolvimento que fará todas as especificações e cálculos necessários para que você faça sua obra com toda tranquilidade.


Vai funcionar assim, você nos diz as suas necessidades, que tipo de piso deseja, e nós calculamos as melhores opções, apresentando ao final todos os produtos necessários para a sua compra ser eficiente. Incrível, né?


Enquanto ainda não inauguramos nossa ferramenta inteligente, acompanhe aqui no blog nossas postagens e já vá escolhendo o piso que mais te agrada (o resto a gente faz por você)!


Pró-Reforma, se inspirar é legal, saber materializar suas ideias é incrível.



Redação: Rebeca Waltenberg